CARACTERÍSTICAS BÁSICAS DO ESPÍRITA: PACIÊNCIA, INDULGENCIA, FÉ, HUMILDADE, DIGNIDADE E CARIDADE.

segunda-feira, 28 de abril de 2014

8ª AULA - CURSO BÁSICO DE ESPIRITISMO 1º ANO - FEESP

PARTE A: DIFERENTES ORDENS DE ESPÍRITOS

Conforme o grau de perfeição que tenham alcançado, os Espíritos se classificam em diferentes ordens, segundo uma escala hierárquica de valores, estabelecida na Codificação Espírita para fins meramente didáticos, nada tendo de absoluta.

Essas ordens são ilimitadas em número, porque não há entre elas uma linha demarcatória traçada como barreira, de maneira que se podem multiplicar ou restringir as divisões à vontade. Não obstante, se considerarmos os caracteres gerais, poderemos reduzi-las a três ordens principais (LE, perg. 97):

PRIMEIRA ORDEM: Espíritos Puros

SEGUNDA ORDEM: Espíritos Bons

TERCEIRA ORDEM: Espíritos Imperfeitos

Allan Kardec esquematiza a escala espiritual a partir dos Espíritos imperfeitos, subdividindo cada ordem de Espíritos em classes e dando seus caracteres em cada uma delas. A partir desta classificação, será fácil determinar a ordem e o grau de superioridades ou inferioridade dos Espíritos com os quais podemos entrar em relação, e, por conseguinte, o grau de confiança e de estima que eles merecem (LE, perg. 100).

Terceira Ordem: Espíritos Imperfeitos: - Caracterizam-se pela ignorância, desejo do mal e apego às paixões que lhes retardam o desenvolvimento, pois neles há o predomínio da matéria sobre o Espírito. Têm a intuição de Deus, mas não o compreendem. Tais características não são iguais para todos, uma vez que progridem e se modificam, à medida que desenvolvem sua inteligência e moralidade, libertando-se da influenciação da matéria. Desta forma os Espíritos imperfeitos classificam-se em diferentes classes:

10ª. CLASSE: ESPÍRITOS IMPUROS: - São inclinados ao mal. Insultam a discórdia e a desconfiança. Usam todos os disfarces para melhor enganar. Sua linguagem é trivial, grosseira e ignorante. Caracterizam-se pela inferioridade moral e intelectual.

9ª. CLASSE: ESPÍRITOS LEVIANOS: - São ignorantes, malignos, inconsequentes e zombeteiros. Sua linguagem muitas vezes é espirituosa e alegre.

8ª. CLASSE: ESPÍRITOS PSEUDOSSÁBIOS: - Seus conhecimentos são bastante amplos, mas julgam saber mais do que realmente sabem. Sua linguagem é presunçosa e contém algumas verdades mescladas com os mais absurdos erros. São presunçosos, orgulhosos e teimosos.

7ª. CLASSE: ESPÍRITOS NEUTROS: - Não são bastante bons para fazerem o bem, nem bastante maus para praticarem o mal.

6ª. CLASSE: ESPÍRITOS BATEDORES E PERTURBADORES: - Manifestam sua presença por efeitos sensíveis e físicos. Não formam propriamente uma classe especial na escala evolutiva, pois podem pertencer a todas as classes da terceira ordem.

SEGUNDA ORDEM: ESPÍRITOS BONS: - São os que chegaram ao meio da escala. O desejo do bem e a sua realização decorrem do grau de evolução que atingiram, pois há neles o predomínio do Espírito sobre a matéria e, consequentemente, a busca da sabedoria e da moralidade. Compreendem Deus e sentem-se felizes quando fazem o bem e quando impedem o mal (LE, perg. 107).

Os Espíritos Bons classificam-se, conforme o Livro dos Espíritos, em:

5ª. CLASSE: ESPÍRITOS BENÉVOLOS: - Sua qualidade predominante é a bondade, pois seu progresso realizou-se mais no sentido moral que no intelectual.

4ª. CLASSE: ESPÍRITOS SÁBIOS: - São livres das paixões, próprias dos Espíritos imperfeitos, preocupando-se mais com as questões científicas do que com as morais. Encaram a ciência por sua utilidade.

3ª. CLASSE: ESPÍRITOS PRUDENTES: - Caracterizam-se pelas qualidades morais e capacidade intelectual elevada, possibilitando uma apreciação dos homens. O progresso intelectual e o progresso moral raramente andam juntos, mas o que o Espírito não consegue em dado tempo, alcança em outro, de modo que os dois progressos acabam por atingir o mesmo nível. (O Céu e o Inferno, 1ª. parte, cap. III, nº. 7 e LE, perg. 192).

2ª. CLASSE: ESPÍRITOS SUPERIORES: - Sua linguagem, que só transpira benevolência, é sempre digna, elevada e frequentemente sublime, em decorrência da ciência, sabedoria e bondade que reúnem.

PRIMEIRA ORDEM - ESPÍRITOS PUROS: - São os Espíritos que atingiram o ponto mais elevado da escala evolutiva e pertence à 1ª. Classe. Percorreram todos os degraus da escala espírita e despojaram-se de todas as impurezas da matéria. Possuem superioridade intelectual e moral absolutas, em relação aos Espíritos das outras classes. Não estão mais sujeitos à reencarnação em corpos perecíveis e são mensageiros e ministros de Deus, cujas ordens executam (LE, perg. 113).

QUESTIONÁRIO:

A - DIFERENTES ORDENS DE ESPÍRITOS:

1- O que predomina nos Espíritos imperfeitos?

2 - Quais as características do Espírito bom?

3 - O progresso intelectual e o progresso moral andam sempre juntos?


Fonte da imagem: Internet Google.

Nenhum comentário:

Postar um comentário